terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Capitulo 56 - FONIIIX!!

27 Agosto, 23:30h, á noite. Rita e David já estavam deitados.
Rita levantou-se e foi á casa de banho fazer xixi. David reparou que ela demorara tempo a mais e foi ter com ela.

David - Meu amô, cê tá bem? (batendo á porta)

Rita - (Sai da casa de banho) Sim, estou bem... Só com algumas dores.

David - Quer ir para o hospital?

Rita - Não. Está tudo bem,  não te preocupes. Vamos dormir?

David - Vamo. (põe um braço em cima dos ombros dela e voltam para a cama)

07:30h:

Estava David a dormir profundamente, quando algo acontece... AS ÁGUAS DE RITA REBENTARAM!! As contracções acontecem cada vez com mais frequência.

Rita - DAVID, ESTOU MOLHADA!! (usa um braço para o abanar, pois com a outra mão na barriga)

David - Eu tenho que ir para o treino, amor. Agora não dá! (ainda meio a dormir)

Rita - NÃO É ISSO, PARVO! Eu acho que me rebentaram as águas!

David - Qué? O quê? Qué isso? (acordando rápido)

Rita - O teu filho vai nascer, DAVID! (Dizia, cheia de dores)

David - Sua bolsa rebentou?

Rita - Sim, isso... ( -.- ) Ajuda-me!

David salta da cama e vai ao armário buscar roupa para irem para o hospital

Rita - Qué que estás a fazer??? (impaciente)

David - Vamo para a maternidade!!

Rita - Não há tempo, David!!!

David - Como não há tempo?

Rita -  vais ter que ser tu!

David - Eu?

Rita - Siiim!!

David - Mas eu nao..

Rita - Vai tocar á campainha do Ruben..

David - Ok, Ok... Calma amor. (dá-lhe um beijinho na testa)

Chega á porta de Ruben:

Ruben - Qué que se passa a esta hora, mano? Ainda nao está na hora.. (apareceu de boxers, novamente a coçar as partes -.-)

David - Mano, Cê tem que me ajudar!

Ruben - Qué que foi pá?

David - A Rita vai ter o neném!!!

Ruben - Vai?? Vou chamar a Ana... Já vou lá ter.

David - Ok. (Volta para ao pé da Rita)

Rita - David, arranja umas toalhas, uma coisa qualquer com agua quente.. umas luvas.. e afasta aqui os lençóis.. Rápido!!!

David - (afastando os lençóis ) O Ruben e a Rita vêem aí.

Passado uns segundos chegam os outros.

Ana Rita - Rita! como é que estás?

Rita - Dado que estou de perna aberta, cheia de dores e quase a ter a criança, pode-se dizer que não estou muito bem.

Ruben - Calma, miuda.

Rita - O David?

Ana Rita - Foi buscar as coisas.

David - Ana ??! Vem me ajudar, por favor (chama-a)

Ana Rita - Ok... Já venho miúda. (Foi)

Ruben - Calma, Rita. (A Rita apertou a mão de Ruben. As contracções estavam cada vez piores)

Passado uns minutos chegam os outros com as coisas todas.

Ana Rita - Boa, agora quem é que faz isto?

Ruben - Faz tu, amor.

Ela começa a colocar as luvas.

Rita - Não! David... faz tu.

David - (que estava a segurar na mao dela) Eu?? Cê tem a certeza?

Rita - Sim. (grita)

Ana Rita - Vá, nós ajudamos.

Ruben - Eu cá nao percebo nada disto!

Ana Rita - Vá, acalmem-se.

David coloca as luvas e coloca-se em posição para fazer o parto.
A Rita já estava com a dilatação completa por isso já estava mesmo na hora.
Ele nao sabia muito bem o que fazer. Estava a sentir-se pressionado, e os gritos de dor de Rita ainda o deixavam pior.

David - qué que eu faço, cara?!

Ana Rita - Vês a cabeça?

Ruben - Blhaaack!

Ana Rita - Ai RUBEN, CALA-TE!!

David - Sim, acho que sim!

Ana Rita - Então agora ela vai ter que fazer força e tu vais ter que tentar agarrar na cabeça para o puxares... devagarinho.

Rita - Ruben, dá-me a tua mão. (Ruben dá-lhe a mão e ela aperta-a com muita força)

Ruben - FONIIIX!!!

Rita - AHHHHHHHH!! (Gritava de dores enquanto fazia força)

Ana Rita - Conseguiste?

David - Não! Gatinha.. faz mais um bocadinho de força, meu amô. (beijou-lhe o joelho)

Ela fez força e David começou a puxar o Davidzinho devagarinho. Rita só conseguiu descansar quando ouviu o choro do filho.
Enquanto David segurava no bebé, Ana Rita cortava-lhe o cordão umbilical.
De seguida, David embrulhou-o numa toalha quente e embalou-o.
Ambos choravam de felicidade. David olhou para Rita e podia ver que ela estava radiante, mesmo por trás daquele cansaço.

Rita - Vem cá.

Ele foi ter com ela, beijou-a e entregou-lhe o bebé.

David - Eu te amo... muito (Dizia com a testa encostada á dela)

Rita - Eu também.

Ruben - (interrompendo) Vou chamar a ambulância para irmos para o hospital. Eles saberão melhor o que fazer,



4 comentários:

  1. lindo...

    adorei...

    quero mais...

    continua...

    ResponderExcluir
  2. ai qi lindoooo

    gostei muiro :P
    beijinho

    ResponderExcluir
  3. ohhhhh +.+ é agora que vou entrar ? :D (no hospital)
    tá tão lindoo flower *.*

    te amoo (L)

    ResponderExcluir
  4. Este capiitulO esta' O maxiimO..
    AdOreii....

    BjnhOO

    ResponderExcluir