sexta-feira, 15 de julho de 2011

Capitulo 70 - Tive um sonho mau.

(...)

Á noite, antes de adormecerem:

Rita - Estou mais descansada por ele estar aqui em casa connosco. ( deitou a cabeça no peito dele)

David - Pois é (Deu-lhe um beijinho na cabeça enquanto lhe fazia festinhas) vou ver se ele está bem (Levantou-se e foi ao quarto do Dê... Voltou momentos depois) Já tá dormindo. (sussurra e volta a deitar-se)

Rita - Ainda bem que já está tudo a ficar bem.. De certeza que vamos arranjar um dador.

David - Parece que a nossa vida levou uma volta de 180º, pô...

Rita - (Pôs-se em cima dele e beijou-o, depois pôs as suas mãos uma em cima da outra no peito dele, onde encostou o queixo e ficou a dar beijinhos no queixo dele) Eu já nem tenho forças para chorar.

David - cê nao vai ter mais que chorar. (Pôs a mão na cara dela e beijou-a)

Os beijos foram ficando mais quentes e o ambiente também. O David tirou a camisola e pôs-se em cima dela sem a parar de beijar.
Ele pôs a sua mão por baixo da camisola dela e como estava sem soutien, ele pousou a mão no seu seio e apertou levemente. Mas tudo aquilo acabou quando o Dêzinho entrou no quarto.

Dê - mamã... (David saiu de cima dela e voltou para onde estava)

Rita - Estás bem, amor? (recompôs-se)

Dê - Tive um sonho mau. Posso domir com voxês?

David - Claro, moleque. Vem cá. (arranjaram espaço entre eles, onde o Dê e o Dino (xD, o boneco) se deitaram. Deitaram-se os dois virados para o lado do menino a fazer-lhe festinhas. O David colocou a outra mão na cabeça de Rita e ela beijou-a)

Dê - Ainda bem que já tou em casa.

David - Cê já vai ficar bom, seu traquina.

Dê - Papá... mamã. Gosto muito de vocês (enroscou-se para o lado da mãe, e David chega-se para ele)

Rita - Nós tambem gostamos muito de ti, pequenino. (Sem querer, uma lágrima escapa dos olhos dela. Lagrima essa que David limpa da cara da mulher)

Dêzinho - durmam bem papá e mamã. (disse de olhos fechados)

Rita - até amanhã.

Acabaram por adormecer os 3.

O dia seguinte era dia de jogo e o Dêzinho estava super entusiasmado por voltar ao estádio, pois iria entrar com o pai, no campo. A Rita vestiu-lhe o equipamento a dizer 'David 23' nas costas e foram para o estádio. O David já se encontrava lá . Antes de começar o jogo, Dêzinho e a mãe, foram até ao balneário. Entraram os dois e repararam que os jogadores já se estavam a equipar.
O pequenino mal entrou no balneário largou a mão da mãe e foi a correr para o pai.

Dê - papáá!!  vais marcar um golo para mim, nao vais?

David - Davii! Já tão aqui.. (pega no filho e dá um beijo á Rita)

Dê - Papá, eu quero um golo!

Rita - Olá pessoal

Eles - Olá (Hola, para alguns)

David - Meu amô, eu vou tentar, mas você tem é que falar ali com os avançados. (ele referia-se ao Cardozo e ao Saviola)

Savi - Yo voy a marcar un gol para ti.

O pequenino enroscou-se ao colo do pai, com vergonha.

Dê - ó papá!...

8 comentários:

  1. opá, que querido, o Dêzinho +.+
    amooooo!
    beijo! te amo maria joaquina! <3

    p.s. PLEASE, NÃO MATES O MENINO! :o

    ResponderExcluir
  2. O pequenino é mesmo fofinho! ^^
    A história está linda e não quero que ele morra! :(
    Fico à espera de mais, beijinhos ^^

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. tao lindo...

    quero mais...

    continua...

    ResponderExcluir
  5. Ola!

    Adoreiii!!!O menino têm de ficar bom :)



    Ele é mesmo riquinho :)



    Quero mais *--*


    Beijinhos

    ResponderExcluir
  6. Comecei a escrever uma fanfic. Espero que sigas (:

    nemsemprevivercusta.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. http://magazineoflove.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Está tão lindooo *.*
    Cada vez escreves melhor, arranja rápido um dador, nenhuma das leitoras quer que tu mates o menino (acho eu.. xD)
    Fico á espera do próximo capitulo.
    Bjokas e continua...
    Tatty.
    P.S-Não está a dar para comentar com a conta do Google em nenhuma fic, não sei o que se passa. :s

    ResponderExcluir