quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Capitulo 71 - Ó marido, há aqui um rapazinho que quer dormir com a tua filha, hoje!

David - Oh, cê conhece o Savi.. Pode falar..

Cardozo : you también te dedico un gol !

David : Tá vendo ? vão ser todos para você ! ( entretanto chega o mister Jesus)

JJ - Bem, se vão haver tantos golos para ti, tens que vir cá mais vezes, pequenote.

Dê - papá, vamos embora.

David - Já tá ficando envergonhado.. Agora você e a sua mãe vão para ali para o tunel que eu já vou ter com voês, tá bom?

Então Rita e o filho dirigiram-se para o túnel, onde já estava a equipa do PSV e os outros meninos que costumam entrar com os jogadores no relvado.
Quando os heróis do Benfica chegaram e estavam prontos para entrar, o David pegou no filho ao colo.

Rita - Boa sorte, amor. (fez-lhe uma festinha na cara)

David - Te amo (deu-lhe um beijo com o filho ao colo)

Jorge Jesus - Ó menino David, desculpa lá estar a interromper o seu momento de amor... mas mexa lá esse cu para entrar em campo concentrado, se faz favor. (Dizia o treinador, contendo um riso)

David - Desculpe, Mister (Riu-se)

Rita - Vá, vai lá.
Então os David's prepararam-se para entrar em campo e assim o fizeram. Depois de acabar o hino do Glorioso e o David fazer as suas rezas habituais, o pequeno David foi o ultimo a sair do relvado atrás dos outros meninos.
Infelizmente a noticia da doença do filho do defesa do Benfica já não era segredo, devido à habitual comunicação social, por isso, num gesto de solidariedade, os No Name Boys iniciaram um cântico até ao menino sair do relvado, do género:"DAVID LUIIIIIZ *palmas* DAVID LUIIIIZ *palmas*"
O menino foi ter com a mãe e saltou para o seu colo.

Dêzinho - Mamã! Tás a ouvir? é para o papá!!!

Rita - Pois é, amor. Gostaste?

Dêzinho - Sim, mamã... Agora podemos ir ter com a Vi?

Rita - Claro, vamos.

Dirigiram-se então para os camarotes onde estavam a Ana Rita e a Vi com as amigas do costume

Dêzinho - VII!! Oláá!

Vi - Olá Dê! (Sentaram-se)

Ana Rita - Ai ai, agora só queres a Vi? E nós?

Dê - OLÁ TITI!! Olá Tixa e Mixa (Era como ele conseguia dizer 'Mariza [Voltou a levantar-se para ir dar beijinhos ás outras])

Ana Rita - Vá, Vi, senta-te para veres o papá a jogar.

Dê - o papá já vai dar, mamã? (disse para a mãe)

Rita - Sim Dê. Está ali, amor. Senta-te ao pé da Vi, vá.

E os pequenos assim fizeram. Ficaram a olhar para o jogo, mesmo sem perceber nada, até que o PSV marca segundos antes de acabar a primeira parte, o que fez com que o clube da Luz ficasse em desvantagem por um golo.

Dê - Mamã! é golo!!!

Rita - ó filho, é golo mas nao +e Benfica, por isso não se festeja.

Mariza - Bolas, aquele palhaço teve que marcar logo agora -.-''

Rita - descansem que para a segunda parte eles recuperam..

Mariza - Claro que sim.. Espero eu!

Entretanto foi intervalo e depois de tentar com que os pequenos nao fizessem traquinisses e de algumas bebidas, começou a segunda parte em que o Benfica entrou bem confiante. Quem marcou o golo do empate foi Pablo Aimar aos 50min de jogo. De seguida, dois golos do grande Salvio, e outro do Saviola quase no fim do jogo, aos 89 min.

Rita - Eu disse que iamos dar a volta.

Dê - E o Savi marcou um golo para mim, mamã!

Rita - és um menino cheio de sorte, já viste?

Dê - Agora só falta o papá. (disse o pequeno, já cheio de atenção ao jogo.)

E foi já no tempo de compensação que David Luiz saiu com a bola da defesa até aos avançados e passou a bola a Óscar Cardozo que voltou a passar a bola para o numero 23, o que fez com que esse conseguisse marcar o 5º golo do Benfica.

Dê - MAMÃ!! GOLO DO PAPÁ!!  (Todos gritaram no estádio, incluido quem estava no camarote. )

O David dirigiu-se em direcçao do tal camarote e mandou um beijo para o filho e para a mulher e não teve mais tempo para mais nada, pois os colegas mandaram-se para cima dele a festejar o golo. Era o golo para o filho, por isso, o autor do golo nao conseguiu fazer mais nada senão chorar... Não era uma altura facil, como devem imaginar.
Quando acabaram os festejos, e o David estava com algumas lágrimas no rosto, apenas o Ruben foi ter para lhe dar um grande abraço.

Ruben - Boa, mano. E não fiques assim... Tudo vai ficar bem, puto. Agora vamos acabar de dar cabo deles.

Depois de mais uns segundos, o jogo terminou e todos os jogadores festejaram a passagem da primeira volta dos quartos de final da Liga Europa.
Quem estava no camarote, depressa se dirigiu para voltarem para as suas casas. Quando ja estavam ao pé dos seus caros, o Dê estava a implorar para ir dormir com a Vi.

Dê - Oh mamã!! Deixa lá!! Deixa eu ir domir com a vi, vá lá!

Rita - Oh Filho, nao sei. Nao queremos dar trabalho á titi Rita e ao tio Ruben.

Ana Rita - Oh, não trabalho nenhum! E não ha problema de ele ir lá dormir!

Rita - Não sei.. Deixa o David chegar

Dê - Óh mamã! Vá lá!

Rita - Deixa o pai chegar, David. Depois logo se vê.

Ruben - (chegando com David) Olá Bonecas

Ana Rita - Olha Marido, há alguem que quer dormir com a tua filha hoje...

Ruben - e quem é o malandro? (metendo-se com o Dê, que já se encontrava ao colo do pai)

Ana Rita - é esse menino.

Rita - Eu não sei se é boa ideia.

David - Ele quer ir dormir a casa deles, é?

Rita - Sim. Qué que achas?

David - Hum, nao sei. Agente não quer dar trabalho, né.

Ruben - Não dão trabalho nenhum. Eu sei que vocês estão receosos, mas se acontecer alguma coisa, nós batemos á vossa porta. Ainda se vivessem longe, mas como vivem lá ao lado, nao há problema.

David - Então eu acho que é numa boa.

Ana Rita - Sim, e tu e o David precisam de estar sozinhos. (sussurrou ao ouvido de Rita)



Rita - Achas? Não tenho paciencia para isso, agora.

Ana Rita - Pareces uma velha a falar, Rita.

Ruben - vá, vamos óh marida?

Ana Rita - Vamos vá. O Dê vai connosco?

David - Não sei. Cê quer ir com quem, moleque?

Dê - Posso ir com a Vi no carro, papá?

David - Pode. Vou só pegar a cadeirinha, tá bom?

Entao a Ana e o Ruben despediram-se da Rita enquanto o David punha a cadeira no carro do Ruben. Depois os pais de Dê despediram-se dos meninos e entraram no seu carro.

A caminho de casa:

Rita - Parabéns pelo golo, meu brasileirinho. (disse, encostando a cabeça no banco, virada para ele)

David - Obrigado, gatinha (pôs-lhe a mão na perna)

Rita - Emocionaste-te, não foi?

David - Hum hum.

Rita - Foi bonito o momento do abraço do Ruben

David - Rita, nao vamo falar sobre isso.. tá bom? (disse o David, tirando os olhos da estrada para lhe responder rapidamente)

Rita - Sim, desculpa (voltou a olhar para a estrada)

E fez-se silencio durante toda a viagem, até que chegaram a casa.

Rita - O que é que queres para o jantar?

David - Não quero nada, gata. Vou-me deitar, tá bom? (deu-lhe um beijo na testa)

Rita - Estás bem?

David - Estou.

Rita - Então vá, eu vou comer qualquer coisa e já vou ter contigo

David - Até já.

A Rita depois de se despachar foi para o quarto para se preparar para dormir. O David tambem já estava a dormir e encontrava-se de barriga para baixo, de boxers, como de costume. Entao a Rita despiu-se e vestiu a habitual t-shirt e os boxers e deitou-se ao lado dele. Ele já dormia, mas mesmo assim ela beijou-o nos lábios. Ele sentiu o beijo e tambem a beijou, apertando-a contra si.

David - Fui bruto com você, á bocadinho?

Rita - Não te preocupes

David - Desculpa.

Rita - Shiu... (beijou-o)

David - Vamo dormir? (passando a mao pela cara dela)

Rita - Nop. (Beijou-o, chupando-lhe de seguida o lábio.) Sabes o que é que me apetece agora? (Sentou-se em cima dele)

David - Acho que tenho uma pequena ideia.

Rita - Tenho tantas saudades de ser tua, David... (disse, roçando-se um pouco nele)

David - Vem gata, vem ser minha... (sussurrou, enquanto largava longos beijos molhados ao longo do pescoço dela)






7 comentários:

  1. Emocinou-se o David cm o golo e emocionei-me eu, amei tá tão lindoo.
    Continua :DD

    Beijinhos*
    http://quandomenosseespera.blogs.sapo.pt/
    http://path-desabafos.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. ai lindo!!!!!!!!
    continua que esta fic e linda!!!
    quero o proximo rapido =P
    continua que esta mesmo optimo,lindo,fantastico etc etc

    bj

    http://umanovadefinicaodeamor.blogspot.com/
    passa na minha e diz o que achas

    ResponderExcluir
  3. Ritinha, como sempre adorei o capítulo, e como sempre chorei a ler.
    Escreves de uma maneira inexplicável, fico com um grande sorriso sorriso na cara quando sei que vais postar.
    Quero mais, SIM? xD


    Bibiana Moreira

    ResponderExcluir
  4. LINDOOOO *.*
    Ai, tinha de ser o Aimar a empatar ahah :b
    Mas a sério... Isto foi mesmo muito emotivo!
    Não tires o Dêzinho ao David e à Rita! :c

    Quero maaais!
    Beijo, TE AMOO (L)

    ResponderExcluir
  5. EXCELENTE...

    QUERO MAIS...

    CONTINUA... JA TOU DE VOLTA A PORTUGAL! :)

    ResponderExcluir
  6. Li, adorei e viciei!
    Parabéns tá LINDOO

    POSTA MAIS RÁPIDO PLEASE!

    Beijinhos

    ResponderExcluir