segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Capitulo 26 - As preparações

Ana Rita – Fogo, é que nem para ti és boa! O Ruben já me veio deixar á paragem á 15 minutos. E tu ainda estás aí.

Rita – Estou a chegar, calma.

Ana Rita – Dizes sempre isso.

Rita – É para veres o que o David me faz.

Ana Rita – Pois, estás aí toda cansada. Mas vá, não quero pormenores se faz favor.

Rita – Pois eu também não te ia contar!

Ana Rita – Ias ias, se eu não te travasse! Mas vá DESPACHA-TE!

Rita – Está bem. Olha, já estou mesmo a chegar. Olha para o lado.

Ambas acenam, e desligam as chamadas.

Ana Rita – estava a ver que não!

Rita – Opá, já cá estou, não é?

Ana Rita – Sim.

Rita – Então vamos!

Ana Rita – Estás nervosa?

Rita – Um bocadinho. Acho que é normal, não?

Ana Rita – Claro! Se fosse eu já estava aí toda a tremer.

Rita – Mas olha que qualquer dia és tu!

Ana Rita – Achas?

Rita – Sim, vais ser mãe, Rita. Pode ser que o Ruben te peça em casamento.

Ana Rita – ai, o Ruben não é nada dessas coisas…

Rita – Eu também não estava á espera que o David me pedisse em casamento.

Ana Rita – Ai Rita! Temos 18 anos e já vais casar. E eu vou sou mãe! Eu, eu! Eu Ana Rita Correia vou ser mãe (incrédula)

Rita – é tão fofinho. Também quero.

Ana Rita – Ai vai ser tão giro quando a barriga começar a crescer, e depois ele ou ela nascer…

Rita – Rita, tem calma que ainda faltam 9 meses!

Ana Rita – Sim, pois é. Vá temos que nos despachar, que eu ainda tenho que ir ter com o Ruben.

Rita – Outra vez?

Ana Rita – Sim, não te esqueças que amanha já se acabam as férias para eles outra vez.

Rita – Ai, Pois é.

Ana Rita – Então vê lá se tratas desse bebé ainda hoje. Porque depois ele não vai ter tempo para…

Rita – RITA?! Não sejas porca. Primeiro, não tenciono engravidar antes do casamento. Segundo, o David vai ter sempre tempo para mim.

Ana Rita – Mas eu não estava a dizer que ele não vai ter tempo para ti. É para.. (é interrompida pelo grito de Rita, a rir)

Rita – RITA??!!! PÁRA COM ISSO! Vou ficar aqui toda envergonhada (Rindo)

O autocarro chega.

Rita – Vá cala-te lá e vamos. Isso já é da gravidez. Está-te a por maluca do cérebro.

Ana Rita – Vamos vá.

Chegam á loja dos vestidos de noiva, e como Rita não gosta de andar nas compras muito tempo, viu logo um vestido lindo, cai-cai com uma grande cauda, branco e com rendas. Mesmo vestido tipo conto de fadas. Foi aquele o primeiro vestido que viu, e foi amor á primeira vista. Comprou-o. Aproveitam o dia, para preparar o resto das coisas. Ia ser um casamento normal, e sem extravagancias. Por isso também não dava muito trabalho em arranjar as coisas. Ainda só faltava o local do copo de água. Mas depois falava com David sobre isso. Voltaram para casa, já de noite. Chegaram á paragem do autocarro e já estava Ruben lá á espera.

Ana Rita – Olá amor (beija-o)

Ruben – Olá fofinha.

Rita – Olá Ruben. O David?

Ruben – ele estava a sentir-se mal do estômago. Disse para te levar lá a casa dele. Não há problema, pois não?

Rita – (preocupada) não claro que não. Só acho estranho ele não me ter dito nada… mas pronto.

Entram no carro e vão deixar Rita em casa de David.

3 comentários:

  1. Tambem quero mais!!!
    Adorei mesmo!

    ResponderExcluir
  2. Yaaay vestidos de noiva <3 mal consigo esperar pelo casamento yuppy <3

    ResponderExcluir